Portal da Cidade Mariana

renova

Reassentamento de famílias atingidas pela barragem de Fundão inicia este ano

Após pressão da justiça, o prazo de finalização das obras será até 2020

Postado em 15/03/2019 às 12:34 |

(Foto: Léo Rodrigues I Agência Brasil)

A justiça determinou que até o dia 27 de agosto de 2020, as mineradoras Vale e BHP encerrem o reassentamento dos atingidos pelo rompimento da Barragem de Fundão. A Fundação Renova, estima que o início da construção das casas para os desabrigados comece no meio deste ano.


As mineradoras, anteriormente, haviam se comprometido a finalizar o reassentamento das vítimas do crime ambiental até março deste ano. Porém, a Fundação Renova alegou que a empresa não conseguiria reassentar as famílias no tempo previsto pois não tinha resolvido todas as questões fundiárias, ambientais e urbanísticas que envolvem o caso.


Agora, caso o prazo não seja cumprido, a multa diária foi fixada em R$ 1 milhão. De acordo com Roberto Waack, Diretor-presidente da Fundação Renova, o reassentamento inclui três vilas e propriedades independentes para quais cerca de R$ 250 milhões serão investidos. ˜Os terrenos já foram adquiridos, os planos diretores já foram desenhados. Então, agora, se inicia efetivamente a construção das casas”, explica Waack.


Fonte:

Deixe seu comentário