Portal da Cidade Mariana

terça literária

NAVEGAR É PRECISO

Confira a poesia de Eduardo Ferreira de Souza, para a editoria Terça Literária.

Postado em 01/09/2020 às 16:15

(Foto: Pixabay)

Ainda que a afogue à beira do cais

Mais saudade feroz a procela traz.

E tanto faz Paraty ou São Vicente:

Mesma maré de saudade renitente.

Enquanto eu pude só quis aportar

Lançar minha âncora na preamar

Mas não há praia para descanso

Oceano rude não oferta remanso

Oceano de saudade não tem porto:

É apenas este imenso mar revolto.

Oceano de saudade não tem doca:

Para além da margem transborda.

Somente a borrasca e a maresia;

Somente os tufões, sem calmaria.

Pobre de mim, que não sei remar;

Pobre de mim, que mal sei rimar.


Receba as notícias através do grupo oficial do Portal da Cidade Mariana no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. 📲

Participe: CLIQUE AQUI 👈

Faça parte também das nossas redes sociais: Facebook e Instagram.

Fonte:

Receba as notícias de Mariana no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário