Portal da Cidade Mariana

Reclamação

Falta de acesso à internet de qualidade prejudica moradores e comerciantes

Denuncia feita por morador demonstra como a falta de conexão de internet de qualidade afeta região central

Publicado em 23/01/2023 às 19:28
Atualizado em

Centro Histórico de Mariana - Moradores e comerciantes sofrem com a falta de internet banda larga (Foto: Google street view)

Recentemente o Portal da Cidade Mariana, recebeu um desabafo de um morador do centro histórico de Mariana. Na denúncia o morador reclama pela impossibilidade de ter acesso à internet de qualidade nas residências e prédios comerciais da região central da cidade.



A Internet banda larga está cada vez mais se popularizando no país. Muitas casas e comércios já utilizam este tipo de serviço. Essa realidade no entanto não é vivida por vários moradores do centro histórico, mais especificamente nas ruas Frei Durão, Rua Direita, Dom Viçoso, Rua Nova, Rua das Mercês, Rua Barão de Camargos, entre outras.

Como alternativa os moradores e comerciantes tem que recorrer à internet dos celulares ou mesmo de internet via rádio, que sempre deixam muito a desejar pela qualidade da conexão.

"Tem cinco antenas de internet via rádio penduradas na minha casa, antena do vizinho, das lojas, etc... Eu tento ajudar todo mundo, minha casa tem dois andares e as antenas precisam ficar no alto, os comerciantes precisam de uma internet mínima pra trabalhar. Fica todo mundo me pedindo permissão pra colocar a antena na minha parede. Acho muito importante resolver essa questão do centro histórico ficar num apagão tecnológico, Rua Frei Durão, Rua Direita, Dom Viçoso, Rua Nova, Rua das Mercês, Rua Barão de Camargos. Onde não tem poste da Cemig não se liga internet por fibra."

Segundo o morador essa situação vem ocorrendo desde que foram removidos os postes da CEMIG (Companhia Energética de Minas Gerais) e com isso os prédios ficaram sem ter como acessar a fiação que permite a conexão de banda larga nessas regiões.

O Portal da Cidade entrou em contato com os órgãos responsáveis e ainda aguarda manifestação.

Fonte:

Receba as notícias de Mariana no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário