Portal da Cidade Mariana

Dicas

Décimo terceiro na conta!

Dicas do consultor financeiro para aproveitar da melhor forma seu décimo terceiro

Postado em 13/12/2018 às 08:53 |

(Foto: Google Imagens)

Décimo terceiro na conta! Momento de planejar e usar esse recurso de forma consciente.

Nas últimas semanas, milhões de trabalhadores receberam a primeira parcela do 13º salário, e a segunda parcela deverá ser depositada até o dia 20 deste mês para aqueles com carteira assinada. Para os servidores públicos, não há data única, e, em alguns casos, como para os servidores estaduais, ainda não há previsão do pagamento.

De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), somando os aposentados, pensionistas, servidores públicos e trabalhadores da iniciativa privada, o 13º salário deverá injetar mais de 210  (duzentos e dez) bilhões de reais na economia nacional nas próximas semanas. A soma equivale a cerca de 3% do Produto Interno Bruto (PIB). Segundo a mesma fonte, os valores serão maiores que 2017, favorecendo o comércio em todas as regiões.

Apesar dos pequenos avanços na economia, grande parte daqueles que receberão o 13º, apresentam contas vencidas. Nesse caso, o cuidado deve ser redobrado. Fim de ano é um momento oportuno para fazer um balanço da vida financeira, a fim de iniciar o ano seguinte com a “casa em ordem”.

Pensando nas diversas situações, apresento cinco pontos importantes para que esse recurso seja utilizado da melhor forma possível.

1.    Relacione seus ganhos, seus gastos e eventuais dívidas. Anote em um caderno ou planilha, defina algumas metas e estabeleça prioridades. Feito isso, é hora de partir para a ação!

 

2.    Com o dinheiro na mão, o primeiro passo é liquidar dívidas. Mas calma, nada de correr. É importante tentar negociar, pois existem grandes chances de se conseguir descontos. São duas partes interessadas: o credor e o devedor, sendo possível chegar a um acordo que beneficie ambas as partes.

 

3.    Se as dívidas forem variadas, priorize aquelas com juros maiores: cheque especial, cartão de crédito, parcelas de empréstimo e financiamentos. Mesmo nesses dois últimos casos (quando a parcela é fixa) é possível conseguir bons descontos.

 

4.    Se estiver no zero a zero: sem dívidas, mas com as despesas no limite, evite gastar todo o 13º salário. Claro, se preferir, convém utilizar uma parte para as compras de Natal. No entanto, o ano novo está chegando e é importante dar prioridade também para as contas de janeiro: IPVA, IPTU, despesas de fim de ano e gastos com a escola dos filhos. Janeiro é um mês atípico e geralmente o salário mensal não é suficiente para cobrir todos os gastos.

 

5.    Se a situação for mais confortável, separe uma parte do 13º para as despesas gerais e invista a outra parte. Aplicar no Tesouro Direto (Título do Governo Federal) é um bom começo para quem deseja iniciar o ano investindo.

 

Organize sua vida financeira e tenha um 2019 com as contas em dia. Faça isso por você!

 

Um abraço,

 

Welington Thiago P. Oliveira – Consultor Financeiro.

Fonte:

Deixe seu comentário