Portal da Cidade Mariana

Melhoria

Secretaria de saúde afirma avanços do município no setor

Em prestação de contas referente ao 2º quadrimestre do ano, a Secretaria de Saúde afirma crescimento no atendimento.

Postado em 02/10/2018 às 11:38 |

(Foto: Google Imagens)

Com o objetivo de ampliar a transparência entre a gestão executiva municipal, o poder legislativo e a população, a Secretaria de Saúde de Mariana realizou, na tarde desta segunda-feira, 1º de outubro, a prestação de contas referente ao 2º quadrimestre de 2018. A ação também é determinada pela legislação referente à transparência do poder público. Segundo o prefeito Duarte Júnior os avanços nos serviços de saúde foram muitos, e deu o exemplo do Programa Fila Zero, que tem por objetivo realizar 1300 procedimentos cirúrgicos em nossa cidade nesse ano e já realizou 400.  

Segundo a Prefeitura de Mariana, os atendimentos à população aumentaram em vários setores, comparando os dois primeiros quadrimestres de 2018. Os atendimentos em Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) saltaram de 50.506 para 56.424. Os procedimentos odontológicos subiram de 7.627 para 8.940 no segundo período. Danilo Brito, secretário de saúde, afirma que o município ultrapassou o investimento exigido por lei na área.

Remume – Com a implantação da REMUME, que é uma lista oficial de medicamentos padronizados que deve ser a base orientadora da prescrição de medicamentos para os pacientes, os atendimentos da assistência farmacêutica subiram de R$ 716.185,74 para R$ 1.429.387,76.

Exames laboratoriais – Os exames laboratoriais são de extrema importância para o diagnóstico de doenças, orientações para o melhor tipo de tratamento e também para o mapeamento das ações em saúde. E Mariana avançou, também, neste setor, passando de 80.395 no 1º quadrimestre, para 103.346 no 2º quadrimestre.

Imunização – No 2º quadrimestre de 2018 aconteceu as Campanhas Nacionais de Vacinação contra Influenza, e Poliomielite e Sarampo. A Central de Vacina trabalha constantemente na atualização do cartão de vacina da população, além de outras ações. O número de pessoas atendidas passou de 8.334 no 2º semestre de 2017 para 37.604 no mesmo período deste ano. Já as doses aplicadas saltaram de 12.911 para 42.577 comparando os mesmos quadrimestres.

Reformas de unidades – A manutenção das unidades é essencial para o bom atendimento da população. No segundo quadrimestre deste ano foram reformadas as UBS’s de Monsenhor Horta, Cachoeira do Brumado e Santo Antônio (neste caso reforma do telhado e pintura), além da reestruturação do Centro de Acolhimento Animal, o CAA.

Fonte:

Deixe seu comentário