Portal da Cidade Mariana

Decisão Superior

Governo de Minas suspende temporariamente o "toque de recolher" em todo estado

Amanhã (7) o Comitê de Enfrentamento da COVID-19 fará outra reunião para decidir se a decisão se mantém

Postado em 06/04/2021 às 17:07 |

Presidente Gilson Lemes, desembargador Maurício Soares e o deputado Bruno Engler (Foto: TJMG)

Em uma reunião de conciliação, realizada na tarde da última segunda-feira (5), representantes do Governo de Minas Gerais decidiram suspender temporariamente o "toque de recolher" e a proibição de visitas sociais e familiares nos municípios mineiros. As duas medidas restritivas de circulação fazem parte da Onda Roxa, do Minas Consciente, anunciada recentemente.

A reunião foi feita para tratar de uma ação popular, proposta pelo deputado Bruno Engler, que pedia a flexibilização de algumas regras do último decreto de combate à pandemia.

Participaram da audiência, o presidente Gilson Soares Lemes; o relator do agravo de instrumento Maurício Soares; o secretário Geral de Estado de Minas Gerais, Mateus Simões; o advogado Geral do Estado de Minas Gerais, Sérgio Pessoa; o deputado Bruno Engler, autor da ação; o procurador adjunto do Ministério Público de Minas Gerais, Carlos André Mariani; o advogado Luiz Márcio Siqueira e a promotora Vanessa Campolina.

O autor da ação, deputado Bruno Engler, agradeceu a intermediação do presidente Gilson Lemes e do desembargador Maurício Soares. “Esperamos que tais suspensões sejam mantidas, pois ferem a Constituição. Não faz sentido proibir a circulação de pessoas após as 20h e muito menos proibir reuniões familiares nas casas dos cidadãos”, concluiu.

Segundo anúncio feito pelo presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Gilson Soares Lemes, a decisão vale até esta quarta-feira (07) quando haverá uma nova reunião do comitê de Enfrentamento da COVID-19 no estado.

A ação foi Leia a nota do governo de Minas,na íntegra:

Tendo em vista ação judicial que questiona dois pontos da Deliberação 130 do Estado de Minas Gerais, em conciliação no Tribunal de Justiça, as partes concordaram em encaminhar a análise para o Comitê Extraordinário Covid. A próxima reunião do Comitê acontecerá na quarta-feira. Até lá, ficam suspensos os efeitos dos dois pontos que são: restrição da circulação de pessoas após às 20h (mantido o limite de 20h para funcionamento dos estabelecimentos comerciais que possam funcionar) e visitas domiciliares familiares (ainda proibidas festas ou reuniões que possam gerar aglomeração). O Governo de Minas reitera a disposição ao diálogo. O Comitê Covid do Estado conta com a participação de várias entidades, entre elas, Ministério Público e Tribunal de Justiça de Minas Gerais.


Receba as notícias através do grupo oficial do Portal da Cidade Mariana no seu WhatsApp ou Telegram. Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. 📲

Participe: WHATSAPP 👈 TELEGRAM 👈

Faça parte também das nossas redes sociais: Facebook e Instagram.


Fonte:

Receba as notícias de Mariana no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias

data-matched-content-ui-type="image_stacked" data-matched-content-rows-num="2" data-matched-content-columns-num="3">