Portal da Cidade Mariana

Coronavírus

Por que o pico do COVID-19 continua sendo adiado? Entenda.

O pico de transmissão e contágio do coronavírus em nosso país continua sendo adiado e alterado, venha saber tudo sobre isso.

Postado em 04/08/2020 às 16:15 |

(Foto: Pixabay)

O pico da pandemia vem mudando frequentemente no Brasil, a sua previsão é diferente em cada região e estado do país. Isso ocorre em função de diversos processos, que vão desde as medidas tomadas pelo poder público e também pela sociedade.

O QUE É O PICO DA PANDEMIA

O pico é algo que pode ser definido pelo vírus, pela taxa de transmissão da doença até que a maior parte da sociedade esteja infectada, ou pode ser definido pela sociedade, tomando ações de combate à disseminação do coronavírus.

COMO SE ESTIMA O PICO?

Os cálculos para se chegar a uma determinada data de pico variam de acordo com o profissional responsável pelas contas. Em geral, utiliza-se a taxa de transmissão, também chamada de R0, assim como o número de habitantes da cidade e o grau de distanciamento social.

ENTENDA

As projeções se alteram de acordo com as condições pontuadas acima. Em Minas Gerais já houve, no mínimo, oito projeções, sendo a última divulgada de acordo com um estudo que diz que a doença atingirá seu ponto mais alto em agosto, com 150 mil infectados. No entanto, a população só vai poder ter certeza de que passou pelo período do pico, após o término dele - com a queda nos índices de transmissão.

VANTAGENS DE ADIAR O PICO

Em uma visão simplista, atrasar o pico pode significar uma melhor logística de gestão da saúde. Quanto mais tempo tivermos, melhor será a preparação das equipes e unidades de saúde para lidar com os doentes, maior será a aquisição de equipamentos de proteção individual, além de proporcionar mais prazo para que a ciência encontre soluções para a COVID-19.

MEDIDAS E CUIDADOS

Para que o ápice da COVID-19 seja adiado, é preciso que a população tome todos os devidos cuidados de prevenção da doença - como evitar aglomerações, higienizar as mãos, fazer uso de máscaras e manter o distanciamento social.

O PÓS PANDEMIA

O contexto após a pandemia deverá ser pautado em um “novo normal”, ainda após uma possível redução nos números. A máscara, por exemplo, assim como hoje, será item indispensável. A formação de grandes aglomerações também deve continuar a ser evitada até que tenhamos uma solução efetiva contra a doença, que é uma vacina.


Receba as notícias através do grupo oficial do Portal da Cidade Mariana no seu WhatsApp. Não se preocupe, somente nosso número conseguirá fazer publicações, evitando assim conteúdos impróprios e inadequados. 📲

Participe: CLIQUE AQUI 👈

Faça parte também das nossas redes sociais: Facebook e Instagram.

Fonte:

Receba as notícias de Mariana no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário