Portal da Cidade Mariana

Celebração

Confira a programação da Semana Santa em Mariana

A programação inicia-se no sábado, 13, com a benção dos Santos Óleos, e termina com a ressurreição de Jesus, no Domingo de Páscoa, 21.

Postado em 14/04/2019 às 14:11 |

(Foto: FELIPE CUNHA | PREFEITURA DE MARIANA)

A Semana Santa é uma tradição católica que celebra paixão, morte e ressurreição de Cristo. Na cidade histórica de Mariana, as festividades preservam traços tradicionais, como tapetes de serragem e as colchas bordadas nas sacadas. 

Confira a programação:

MISSA DA UNIDADE - SÁBADO

A celebração da Missa da Unidade marca a consagração dos sacerdotes com a benção dos santos óleos: do batismo, da crisma e da unção. Neste dia todos os religiosos do municípios que integram a Arquidiocese vêm celebrar com o arcebispo.

10h - Celebração Eucarística presidida pelo Sr. Arcebispo Dom Airton José dos Santos, e concelebrada pelos padres da Arquidiocese na Igreja de São Pedro dos Clérigos.

18h – Celebração Eucarística na Comunidade de Nossa Senhora de Nazaré

19h– Caminhada com Maria e piedoso exercício da Via Sacra da Ermida de São Geraldo para a comunidade de Santo Antônio.

19h30 – Celebração Eucarística na comunidade de Santa Rita de Cássia.

DOMINGO DE RAMOS - DOMINGO

Neste dia os católicos recordam a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém, aclamado como Rei. Os fiéis sustentam ramos abençoados, lembrando essa passagem bíblica. A benção dos ramos acontece em frente a Policlínica Côn. José de Arimatéia, seguido de procissão para a Matriz de Nossa Senhora Aparecida.

7h – Bênção de ramos em frente a Policlínica Côn. José de Arimatéia e procissão para a Matriz de Nossa Senhora Aparecida. Celebração Eucarística.

8h – Bênção de ramos na Igreja de Santa Cruz no Barro Preto e procissão para a Arena Mariana. Celebração Eucarística.

10h – Celebração Eucarística no Santuário de Nossa Senhora do Carmo com a participação das crianças da catequese paroquial.

17h30 – Celebração Eucarística na Matriz de Nossa Senhora Aparecida.

18h – Bênção de ramos no adro da Igreja de Nossa Senhora do Rosário. Procissão para a Praça da Sé. Celebração Eucarística presidida pelo Sr. Arcebispo Dom Airton José dos Santos.

PROCISSÃO DO SENHOR DOS PASSOS – SEGUNDA-FEIRA

A procissão do Depósito do Senhor dos Passos faz memória à prisão de Jesus Cristo e sua condenação no pretório. A ação se inicia na igreja de Nossa Senhora do Carmo procedida pela procissão em que a imagem sai tampada por toldo em direção à igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos onde acontece o Sermão do Pretório e o canto dos motetos da paixão. Uma devoção especial na Igreja Católica a ele dirigida, que faz memória ao trajeto percorrido por Jesus Cristo desde sua condenação à morte no pretório até o seu sepultamento, após ter sido crucificado no Calvário.

6h30 – Celebração Eucarística no Santuário de Nossa Senhora do Carmo.

7h – Celebração Eucarística na Matriz de Nossa Senhora Aparecida

19h – Via Sacra da Comunidade de Santa Clara, para a comunidade de Santa Rita na Paróquia de Nossa Senhora Aparecida.

19h – Celebração Eucarística no Santuário de Nossa Senhora do Carmo e Trasladação da Imagem do Senhor dos Passos para a igreja de Nossa Senhora do Rosário. Sermão do Pretório pelo padre Daniel Fernandes Moreira.

PROCISSÃO DO ENCONTRO – TERÇA-FEIRA

Relembra o encontro de Jesus com sua mãe, Maria, a caminho do calvário, momento em que acontece o Sermão. As imagens da Senhora das Dores e do Senhor dos Passos, carregando a cruz, saem em procissão e se encontram na Praça Minas Gerais. O evento acontece num dos espaços que reúne um dos mais belos conjuntos arquitetônicos brasileiros: as igrejas do Carmo e a de São Francisco, construídas uma ao lado da outra.

6h – Celebração Eucarística no Santuário de Nossa Senhora do Carmo.

7h – Celebração Eucarística na Matriz de Nossa Senhora Aparecida.

19h – Celebração Eucarística no adro da Igreja de Nossa Senhora do Rosário.

19h – Celebração Eucarística na Capela de Nossa Senhora de Nazaré.

OFÍCIO DAS TREVAS – QUARTA-FEIRA

Na Quarta-Feira Santa, e também na Sexta e no Sábado Santo, acontece uma celebração de origem medieval, o Ofício de Trevas. Uma cerimônia secular com partes em latim e canto gregoriano, repleta de simbolismo para reviver as dores de Jesus. O templo fica às escuras, iluminado apenas por um candelabro com velas. Os fiéis rezam salmos, lamentações e fazem leituras da Bíblia.

Paróquia de Nossa Senhora da Assunção:

6h – Celebração Eucarística no Santuário de Nossa Senhora do Carmo

7h – Celebração Eucarística na Matriz de Nossa Senhora Aparecida

19h – Celebração na Igreja de São Pedro dos Clérigos. Em seguida, procissão de Nossa Senhora das Dores para o Santuário de Nossa Senhora do Carmo e sermão da Soledade pelo Revmo. Pe. Rodrigo Artur Medeiros da Silva. A seguir, Ofício de Trevas com a participação das irmandades, associações e movimentos, e fiéis.

Paróquia do Sagrado Coração de Jesus:

15h – Celebração do Sacramento da Unção dos Enfermos na Matriz do Sagrado Coração de Jesus

19h – Via Sacra em todas as comunidades.

Paróquia de Nossa Senhora Aparecida:

19h – Celebração Eucarística na comunidade de São José. Em seguida Caminhada Penitencial para a Capela de Santo Expedito.

CERIMÔNIA DE LAVA PÉS – QUINTA-FEIRA         

A Quinta-Feira Santa lembra o dia da instituição da Eucaristia e do Sacerdócio, com a celebração da última ceia com os Apóstolos. A cerimônia retrata o gesto de humildade de Jesus Cristo, que lavou os pés dos discípulos. A cena se repete em Mariana, quando o arcebispo lava os pés de pessoas da comunidade. A cerimônia evoca a humildade de Jesus Cristo.

MISSA DA CEIA DO SENHOR E ADORAÇÃO:

18h – Na quadra esportiva do Bairro Rosário.

19h – Matriz de Nossa Senhora Aparecida.

21h – Matriz do Sagrado Coração de Jesus.

Santuário de Nossa Senhora do Carmo:

19h – Concelebração Eucarística presidida pelo Senhor Arcebispo Dom Airton José dos Santos. Cerimônia de Lava Pés e Sermão do Mandatum. Trasladação do Santíssimo e adoração até as 24:00h. Desnudação dos altares.

PAIXÃO E MORTE DE CRISTO – SEXTA-FEIRA

Na Sexta-Feira Santa acontece uma das cerimônias mais belas da tradição católica: a paixão e morte de Cristo. Essa passagem bíblica é recordada no Sermão do Descendimento, com cerimônia alusiva que faz muita gente se emocionar. O Sermão leva uma multidão para a procissão de enterro e o cortejo que segue pelo centro histórico. A procissão é composta pelas irmandades da cidade, por pessoas da comunidade que representam as figuras bíblicas.

Neste dia, não há missas nem toques de sinos, apenas o som das matracas.

6h – Via Sacra saindo da Praça São Judas, no Bairro São Cristovão, para a capela de Nossa Senhora Aparecida no Bairro Canela.

6h – Via Sacra saindo do Santuário de Nossa Senhora do Carmo para a Cartuxa de Dom Viçoso.

9h – Ofício de Trevas no Santuário de Nossa Senhora do Carmo, presidido pelo senhor Arcebispo Dom Airton José dos Santos com a presença das Irmandades, associações, movimentos e fiéis.

15h – Solene Ação Litúrgica

19h30 – Sermão do Descendimento da Cruz pelo Exmo. Dom Walmor Oliveira de Azevedo, Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de Belo Horizonte, diante da Igreja de São Francisco. Em seguida procissão do Senhor Morto para a Praça da Sé.

ALELUIA - SÁBADO

A referência é feita à noite do Sábado Santo, quando, na liturgia, se canta o Aleluia Pascal. É a celebração da Ressurreição de Cristo. É o dia que marca o início do ano litúrgico católico, com a bênção do fogo novo e da água batismal.

9h – Ofício no Santuário de Nossa Senhora do Carmo, com a participação das Irmandades, movimentos, associações e fiéis. Participação especial da juventude.

SOLENE VIGÍLIA

18h – Quadra de esportes do bairro Rosário.

19h – Matriz de Nossa Senhora Aparecida.

20h – Santuário de Nossa Senhora do Carmo, presidida pelo Sr. Arcebispo Dom Airton José dos Santos.

21h – Matriz do Sagrado Coração de Jesus.

PÁSCOA – DOMINGO

É neste dia que os católicos celebram a Ressurreição de Jesus: a Páscoa do Senhor. As ruas se enchem de cores ao serem enfeitadas com tapetes de serragem e as janelas decoradas com colchas de retalho, toalhas bordadas e vasos de flores. A decoração é tradicionalmente feita por artistas locais e moradores. Os sinos anunciam o início da procissão, tradição que remonta o século XVIII, acompanhadas de crianças vestidas de anjos.

7h – Santuário de Nossa Senhora do Carmo

7h – Matriz de Nossa Senhora Aparecida

8h – Matriz do Sagrado Coração de Jesus e Espaço Celebrativo Santa Efigênia

9h – Capela de São José

10h – Santuário de Nossa Senhora do Carmo

17h – Celebração Eucarística presidida pelo Sr. Arcebispo Dom Airton José dos Santos na Praça dos Ferroviários e Procissão da Ressurreição para a Praça da Sé.

CONFISSÕES - Será realizado um mutirão para atender as confissões dos fiéis até o dia 18 de abril no Santuário Nossa Senhora do Carmo, Matriz do Sagrado Coração de Jesus, Capela Santa Cruz e Matriz Nossa Senhora Aparecida.

Fonte:

Deixe seu comentário