Portal da Cidade Mariana

Crônica

Quanto vale, Minas? (E a história se repete!)

Andreia Donadon Leal

Postado em 01/02/2019 às 09:36 |

(Foto: AFP/ GETTY IMAGES)

Quanto vale, Vale? Quanto vale: sobrecarga de rejeitos? Quanto vale: ruptura de barragens? Quanto vale: tsunami de lama tóxica? Quanto vale: desespero? Quanto vale: terror? Quanto vale: vale de dores? Quanto vale: vale verde? Quanto vale: mal súbito? Quanto vale: centena de casas destruídas? Quanto vale: punhado de feridos? Quanto vale: ser terrestre? Quanto vale: ser aquático? Quanto vale: desabrigados? Quanto vale: número de desaparecidos? Quanto vale: número de mortos? Quanto vale: enxurrada de lágrimas laboriosas? Quanto vale: cachoeira de lágrimas dolorosas? Quanto vale: penhasco? Quanto vale: árvore? Quanto vale: nascente? Quanto vale: flor? Quanto vale: fruto? Quanto vale: animal? Quanto vale: plantação? Quanto vale: atividade pesqueira? Quanto vale: água? Quanto vale: rio? Quanto vale: Rio Paraopeba? Quanto vale: impacto socioambiental? Quanto vale: abalo sísmico? Quanto vale: abalo cínico? Quanto vale: desculpa esfarrapada? Quanto vale: empurrar com a barriga? Quanto vale: desamor ao próximo? Quanto vale: mutirão solidário? Quanto vale: ação humanitária? Quanto vale: enxurrada noticiosa? Quanto vale: pânico? Quanto vale: união de mãos? Quanto vale: espírito de salvadores? Quanto vale: coragem da população? Quanto vale: povo unido? Quanto vale: tristeza compartilhada? Quanto vale: vale de deprimidos? Quanto vale: minério de ferro? Quanto vale: matéria tóxica? Quanto vale: matéria plástica? Quanto vale: metal pesado? Quanto vale: aviso sonoro de evacuação? Quanto vale: estratégia de salvamento? Quanto vale: população? Quanto vale: dependência?  Quanto vale: ficar de braços fechados? Quanto vale: ficar com o coração na mão? Quanto vale: taquicardia? Quanto vale: negligência? Quanto vale: omissão?  Quanto vale: troca de favores? Quanto vale: ouvido tampado? Quanto vale: boca serrada?  Quanto vale: grito entalado na garganta? Quanto vale: conselho não ouvido?   Quanto vale: fazer vista grossa? Quanto vale: enlamear a paisagem?  Quanto vale: fingir fiscalização? Quanto vale: novo imposto? Quanto vale: alimentar máquinas administradoras? Quanto vale: sangrar a terra? Quanto vale: tirar o couro dos trabalhadores? Quanto vale: suor alheio? Quanto vale: memória destruída? Quanto vale: patrimônio? Quanto vale: sumir do mapa? Quanto vale: mudar histórias? Quanto vale: interesse por lucros? Quanto vale: commodity? Quanto vale: uma classe de políticos ignorantes? Quanto vale: ignorar a ciência? Quanto vale: ignorar a Lei? Quanto vale: a Deus dará? Quanto vale: mudar de vida?   Quanto vale: indenização? Quanto vale: enganação? Quanto vale: desculpa esfarrapada? Quanto vale: submissão? Quanto vale: brecha na licença ambiental? Quanto vale: leniência na legislação? Quanto vale: multa? Quanto vale: acumular rejeitos? Quanto vale: desertificar vale verde?Quanto vale: investigar? Quanto vale, MINAS?

Fonte:

Deixe seu comentário