Portal da Cidade Mariana

FILME

ONU premia filme brasileiro de realidade virtual sobre desastre em Mariana

O brasileiro Tadeu Jungle, diretor da obra, recebeu o reconhecimento da mostra, que exibirá todos os filmes ganhadores em Nova Iorque

Postado em 15/07/2019 às 09:24 |

Da esquerda para a direita, Ariel Alexovich, coordenadora do Festival ODS em Ação, o cineasta Tadeu Jungle, e Lisa Russell, cineasta e integrante do júri do Festival. (Foto: ONU Objetivos Globais)

O curta-metragem de realidade virtual ‘Rio de Lama’ — que leva o espectador para dentro do desastre ambiental de Mariana (MG) — venceu o Festival de Filmes da ONU sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O diretor brasileiro Tadeu Jungle recebe na quinta-feira (11) o reconhecimento da mostra, que exibirá todos os filmes ganhadores em Nova Iorque, em meio às atividades do Fórum Político de Alto Nível.

O curta-metragem de realidade virtual Rio de Lama — que leva o espectador para dentro do desastre ambiental de Mariana (MG) — venceu o Festival de Filmes da ONU sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O brasileiro Tadeu Jungle, diretor da obra, recebe na quinta-feira (11) o reconhecimento da mostra, que exibirá todos os filmes ganhadores em Nova Iorque, em meio às atividades do Fórum Político de Alto Nível.

Rio de Lama propõe uma imersão em 360º na devastação provocada pela ruptura da barragem do Fundão, em novembro de 2015, quando 62 milhões de metros cúbios de rejeitos de minério e água foram liberados sobre as cidades de Mariana e Bento Rodrigues.

Jungle considera o filme histórico por ter conseguido registrar as comunidades destruídas e seus habitantes pouco tempo depois da catástrofe. “Ali, a gente conta uma história de uma saudade ou de uma ausência. Eu entrevistei os moradores. Eu fiz no calor da tragédia, eu fui para lá fazer o filme e não tinha um roteiro. Eu não tinha um script”, conta o cineasta e videoartista em entrevista à ONU News.

Sobre a premiação nas Nações Unidas, o diretor diz esperar que o reconhecimento fortaleça diferentes demandas sociais.

“Não somente essas causas das (pessoas afetadas por) barragens em si, mas também da luta pelo meio ambiente. Todas as lutas que estão se fazendo hoje que são muito importantes. A demarcação das terras indígenas é muito importante. A questão do extrativismo e da mineração ilegal na Amazônia.”

A obra de Jungle foi escolhida vencedora na categoria realidade virtual/360º do Festival de Filmes ODS em Ação. Mais de mil produções audiovisuais se inscreveram na mostra.

Fonte:

Deixe seu comentário