Portal da Cidade Mariana

Melhoria

Governo Federal investe R$220 mil em programa que atende mulheres em Mariana

A iniciativa propõe que a Oficina de Corte e Costura seja transformada em uma cooperativa que gere renda para os envolvidos.

Postado em 31/10/2018 às 12:49 |

(Foto: Luiz Filipe Cizilio I Prefeitura de Mariana)

(Foto: Luiz Filipe Cizilio I Prefeitura de Mariana)

(Foto: Luiz Filipe Cizilio I Prefeitura de Mariana)

(Foto: Luiz Filipe Cizilio I Prefeitura de Mariana)

(Foto: Luiz Filipe Cizilio I Prefeitura de Mariana)

A Prefeitura de Mariana, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, está implantando na cidade a Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho) que é uma iniciativa do Governo Federal que investe R$220 mil para inserir famílias em estado de vulnerabilidade no mercado de trabalho.

Serão desenvolvidas três ações: uma em Mariana e duas nos distritos. De início, a atividade desenvolvida será Corte e Costura, que já é um ofício consolidado na assistência social municipal e o objetivo é transformar a Oficina em uma cooperativa e propor qualificação, aprimorando aquilo que se tem de melhor na comunidade ou grupo.

O programa, em nosso município, está voltado para atender mulheres que chefiam suas famílias e já estão cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS e no Programa de Inclusão Produtiva da Mulher. Será uma forma de geração de empregos e renda autônoma em que todos os envolvidos receberão a parcela pelo seu trabalho.

A forma como a ação acontecerá nos distritos ainda será discutida em reuniões. “Nessas reuniões vamos levantar as localidades em situação de vulnerabilidade, englobar os conhecimentos em comum da população e transformar em parte do projeto, trabalhando em forma de associação ou cooperativa. Assim vamos conseguir inserir diversas famílias no mercado de trabalho”, afirma Juliano Barbosa, secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania.

Foi aberto um edital para escolher a entidade que seria cadastrada no Conselho Municipal, porém, apenas uma se apresentou e após avaliação do plenário do conselho municipal de assistência social, esta foi aceita.

Fonte:

Deixe seu comentário