Portal da Cidade Mariana

AÇÃO

Retorno da Samarco em Mariana será decidido nesta sexta-feira, 25

A licença corretiva substitui 36 licenças anteriores e reúne 14 processos de licenciamento que estavam em aberto

Postado em 25/10/2019 às 13:38 |

Na manhã desta quarta-feira (23), o Prefeito de Ouro Preto, Júlio Pimenta, e o Prefeito de Mariana, Duarte Júnior, se reuniram com representantes da Samarco para tratar sobre o retorno das atividades da empresa. 

Segundo informações da empresa, o Conselho Estadual de Política Ambiental de Minas Gerais (Copam) analisa, na tarde desta sexta-feira (25), o pedido da Samarco de licença corretiva para voltar a minerar em Mariana. Após o rompimento, a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do estado (Semad) suspendeu, em agosto de 2016, todas as licenças relacionadas à operação da mineradora na cidade. 

A licença corretiva substitui 36 licenças anteriores e reúne 14 processos de licenciamento que estavam em aberto. Caso seja emitida, a mineradora vai poder voltar as atividades em Mariana imediatamente, dependendo apenas de sua própria estrutura logística. 

De acordo com a mineradora, as operações serão feitas sem uso de barragem de contenção. A Samarco diz que vai implantar um sistema de disposição e tratamento de rejeitos que inclui a Cava Alegria Sul e filtragem para empilhamento a seco. A previsão de implantação da planta de filtragem é de cerca de 12 meses, a partir da emissão da licença. 

As prefeituras de Mariana e Ouro Preto já deram concordância para a emissão da licença corretiva, juntamente com o Instituto Chico Mendes de Conversação da Biodiversidade (ICMBio), o Instituto Nacional de Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) e a a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais.   

Assessoria de Comunicação - Prefeitura de Ouro Preto 


Fonte:

Deixe seu comentário